terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Dia 12 - Das coisas que me irritam I

Uma das coisas que mais me irrita é fofoca...
Não estou falando daquela fofoquinha-santa-de-todo-dia, estou falando da maliciosa, daquela que planta vento e faz você colher tempestade.
ODEIO isso, odeio que comecem a fuçar a minha vida, a interferir nela, a opinar, fazer juízo de valor e principalmente se intrometer e daí, espalhar suas conclusões equivocadas aos 4 ventos.
Passei 3 meses sem o namorado aqui em BH, foram 3 meses ótimos, ótimos, ótimos...repito, foi ótimo mesmo ficar 3 meses sem o namorado aqui. Se eu senti saudades? Claro que senti, mas não morri.
Pelo contrário, vivi minha vida da melhor forma possível não fiz nada que desabonasse minha imagem, aliás, não é preciso ter ninguém por perto vigiando para que eu me mantenha dentro dos meus valores e princípios.
Mas bastou tirar a foto dele do meu Orkut (olha que coisa idiota) para começar a fofocaiada...e pior, fofoca não só de gente que está aqui em BH, como de gente que está a centenas de milhares de quilometros...E o que isso resultou? Chateação.
Tem gente chateada comigo porque ouviu falar coisas que não tem nada a ver! E ai vira telefone sem fio, um falando pro outro, julgando, espalhando a bosta.
E eu sai mesmo, sai com minhas amigas, conheci pessoas (muito) queridas, bati papo, ri aos montes, badalei nos finais de semana e fui feliz. Qual o problema disso?! Afinal ele viajou apenas...não morreu não. E mesmo que tivesse morrido (que Deus o livre) qual o problema em seguir a vida??
Durante a ausencia dele por aqui, muita gente me perguntou se tinhamos terminado...eu sempre fui discreta. Só minhas amigas sabem da viagem dele e de como eu passei essa fase.
Saco, saco, mil vezes saco!
Não vou ficar paparicando ninguém não, cansei. Se gosta de mim, goste do jeito que eu sou, sem me cobrar atitude de Amélia, ainda mais em pleno século XXI.
O fato é que não vou deixar de ser quem sou, não vou deixar de me curtir porque fulana (o) acha que devo viver na sombra do namorado, ou acha que devo respira-lo e fazer dele meu sol, minha vida.
Eu o amo e ele ♥ sabe o quanto gosto dele, e o quanto sou dedicada ao relacionamento. Então, se entre nós dois está tudo bem tudo certo, f*%¨$-se os outros.
Enfim, estou muito chateada com essas confusõesinhas que aparecem fruto de gente que não tem o que fazer...
Agora até eu explicar que focinho de porco não é tomada, muita cara feia eu vou ter que olhar...mesmo não querendo.
Saco!

2 comentários:

Madame Poison disse...

Eu bem sei...
Saco, saco, saco.

Adiós!

disse...

Mas me diga se tem diversão mais interessante pra esse povo que cuidar da vida alheia? Tem horas que eu sinto inveja, sabe? Porque eu queria ter TEMPO pra isso.