terça-feira, 13 de abril de 2010

Das coisas que me irritam

Se tem uma coisa que me tira do sério é espalhar informação errada.
Nem to falando de spam não porque esses envolvem também e-mails comerciais, correntes, etc.
Tô falando dessas informaçãoes absurdas que circulam na rede e acabam influenciando pessoas. Servem a um só fim: a desinformação.
E o pior é que, pelo menos eu, vejo jornalistas fazendo isso.
Não cabe aos jornalistas se certificarem da veracidade da informação não? Ou pelo menos da sua procedencia?
Isso me irrita tanto...me irrita porque vejo pessoas temdo atitudes, tomando decisões, a partir dessas des-informações.
Outro dia recebi um email falando sobre a vacina H1N1, o teor do email pretendia convencer seu leitor de que a vacina faz mal a saúde, traz inúmeras implicações, contem mercúrio, e mata! Por causa disso já vi gente dizendo que não vai tomar a vacina. Não sei o que é pior, quem envia uma porcaria dessa ou quem acredita nisso.
A mesma pessoa essa semana me enviou um email falando sobre uma lei que, segundo a notícia, determina a gratuidade em estacionamentos em shoppings. Quase infartei. Primeiro porque o numero da tal lei divulgada no email era, na verdade, o do projeto de lei que deu origem a norma, segundo porque essa lei é do estado do Rio de Janeiro (a pessoa é daqui de MG) e terceiro, e mais grave, a lei está suspensa por determinação judicial desde 2005!!! E o tema é debatido no STF.
Enviei um email para quem me mandou a falsa noticia explicando tudinho, mostrando a decisão que suspendeu a lei, mostrando o projeto de lei, a noticia da Assembleia Legislativa, enfim...A pessoa não se deu ao trabalho de enviar para quem ela tinha enviado o email anterior, esses esclarecimentos com a informação correta.
Isso me irrita, porque acredito que um país só avança a partir do conhecimento, acredito que a população bem instruída é que tem o poder de mudar determinadas situações e gente assim só atrapalha. Afasta todo o conceito de cidadania. Porque ser cidadão não é só comer, comprar, viajar, tem dinheiro não. Ser cidadão é ter conhecimento para que possa exercer seu papel político.
Depois fica ai reclamando do governo, reclamando da corrupção, reclamando de forma global e esquecendo de agir ali, naquele espaço em que ela pode (e deve) atuar.
Ai...jornalista desse tipo não precisa mesmo de diploma! Parece que pra esses basta o ctrl+c ctrl+v. Papagaios de piratas, isso é que o que são.

2 comentários:

Alice Voll disse...

Pois vc acredita que discuti com uma amiga exatamente por causa desse lai da h1n1, eu fiquei pensando, meldels como uma pessoa com nivel minino de informação que frequenta uma universidade tem umas ideias dessas? é de lascar!

Endry disse...

Bom, eu não vou tomar a vacina, pois fui tirar dúvidas com um profissional do Ministério da Saúde e não me convenci a tomá-la, mas não devido a este e-mail fajuto, não! Acredito que com a internet ficou muito fácil de se "espalhar" pseudonotícias para a população. O problema é que muitos têm "o pé atrás" com a mídia televisiva e por isso acredita em tudo que cicula por aí, em outros meios. Precisamos de bom senso!

beijos e bom finalzinho de semana! :)