quinta-feira, 24 de junho de 2010

Olha, não sou daqui...*


Às vezes eu acho super complicado não fazer parte de um grupo.
Não quero dizer com isso que não tenho gostos em comum com absolutamente ninguem, quero dizer é que não me encaixo em determinados grupos que hoje estão tão absorvidos na sociedade que não fazer parte deles fazem de um você um ser, digamos,esquisito.
Eu não gosto de futebol, na verdade detesto porque pra mim deveria ser igual a qualquer outro esporte como hipismo, dança no gelo, natação...mas aqui no Brasil futebol é feijão com arroz, todo mundo gosta, vibra, tem time, torce, briga, pára o que está fazendo para assistir. Na verdade ser o país do futebol foi um grande golpe de mídia que pegou. Tenho sofrido nessa época de Copa e só assisti ao jogo do Brasil no domingo passado porque o namorado queria...ele não é tão esquisito como eu. O que me faz não gostar é o fato de que, mesmo não sentindo afinidade nenhuma com o esporte, ele afeta a minha vida de um forma negativa: veja bem, amanhã eu não terei aula, não tem expediente e logo não trabalharei, a academia não funciona e vou ter que passar o dia ouvindo os gritos e as vuvuzelas, o transito fica ruim e tudo para de funcionar. É feio pacas isso para um país..eu acho.
Eu não bebo, quero dizer, não consumo nada que tenha qualquer porcentagem de alcool e por isso já fui considerada esquisita. Eu nao bebo porque não curto, não gosto do sabor nem tampouco da sensação. É estranho ver pessoas que se reunem para ir num bar com um unico objetivo: beber.Não estou falando daquelas pessoas que vão à um bar encontrar os amigos e, consequentemente, beber. Estou falando daquelas pessoas que vão a um bar beber e, consequentemente, encontrar os amigos. Isso pra mim é tão estranho e sem graça. eu saio com meus amigos, todos bebem, mas apenas com alguns o programa é legal, talvez proque eles não me façam sentir deslocada, não ficam comentando o tempo todo que eu não bebo, não fazem piadas com isso e nem acham estranho...Peço meu suco ou meu chá e pronto, me divirto. Por causa disso já me perguntaram se eu sou evangélica! E eu ri...porque ai vem o terceiro grupo ao qual eu definitivamente não pertenço
Eu naõ tenho religião...e acho que é a primeira vez que falo isso de uma forma tão expressa. Religião para mim seria algo que em sua totalidade preenchese esse hiato que o ser humano tem em seguir aquilo que eu chamo de "fé organizada", e eu não conheci - ainda - nenhuma que me preenchesse. Em todas vejo coisas que me incomodam...claro que eu todas vejo coisas que me agradam, mas não dá pra viver uma religião pela metade. E é estranho porque namoro um batista, minha melhor amiga é espirita, ao meu lado sentam pessoas com terço na mão, e minha amiga de infancia é budista...Eu já fui à igrejas, tanto para assistir à missa quanto para assistir ao culto, mas confesso que gosto de ir lá para cantar! Sim, cantar...É divertido. E enquanto todos oram/rezam eu fico lá quieta pensando no que vou fazer depois da celebração e à que horas virão novas musiquinhas para cantar. :-) Ah, só uma ressalva, dizer que não tenho religião não signifca que seja ateu ou agnostica, significa apenas que eu não tenho uma organização religiosa para seguir. Mas sim, antes que você me jogue pedra e diga que quando eu morrer vou para o inferno, sim, eu acredito em Deus, um cara que já me salvou de poucas e boas e que também me alegra um bocado.
Eu nao sou nerd...aliás isso eu não sou mesmo e até tenho certo preconceito com esse rotulo (assim como torço o nariz para qualquer rótulo). Tenho blog, fui uma das primeiras pessoas a ter Twitter, baixo séries pelo computador, tenho um celular moderno com acesso a internet e outras funcionalidades, gosto de tecnologia e das facilidades (ou não) que ela traz à vida,gosto de alguns Mangás, assisto à alguns animes, vou aos festivais de anime/mangá/cosplay mas não entendo um monte de coisa. Não gosto de Magic, nem de RPG, não fico lendo sobre tecologia e lançamentos futurescos, não sei programar, nao entendo de HTML e pra formatar meu computador eu pago um cara.
Não tenho partido político. E quer saber? nem me importo com isso. Sempre escolho meus candidatos sozinha, sei em todos que votei, governadores, Presidentes..mas sou avessa a debates políticos, discussões, e campanhas. Acho que a única campanha com toque político que participei (de corpo e alam) foi para presidente da OAB há uns 7 anos atrás. Acho a Dilma Russef a cara do Caubi Peixoto, penso que a Marina Silva devia combinar de ir num salão junto com a Heloisa Helena, e o Serra pra mim é a cara do Sr.Burns - chefe do Homer Simpson. Política não me atrai, não leio essa parte do jornal e pago para não ter que ouvir esse papo chato.
Não sou CDF, eu até queria ser...estudo porque tenho que estudar, porque quero viajar e não porque quero casar e ter filhos. Ai vem outra coisa onde não me encaixo...
Eu gosto de esmaltes, makes, bolsas, sapatos, moda masss...me cansa a quantidade de informação a respeito disso. Me cansa os excessos. Não aguento ver desfile de SPFW e afins, nem tendencias de roupa e make das famosas seja no Oscar, seja numa novela. Gosto de praticidade: ver um tutorial, copia-lo e pronto. Gosto e gosto muito de maquiagem, cosméticos, e afins, compro, e tal..mas não sou fissurada e com certeza entraria num tédio sonolento se participasse de uma reuniãozinha de amigas fashionistas.
Eu não tenho uma causa para morrer por ela. A minha causa sou eu mesmo...quero relizar meu desejo, minha meta profissional. Viajar a cada 3 meses, conhecer o mundo, ter dinheiro para viver com tranquilidade e só. Não tenho paixão por nenhuma causa seja ela ambiental, social, moral...não quero saber se a Amazonia está sendo vendida, se o aborto vai ser descriminalizado, se acharam a cura para a AIDS. Claro que tenho minhas opiniões e atitudes a respeito, mas o que quero dizer é que não levo nada disso a ferro e fogo, discuto, faço planos  e brigo. Aliás, acho até que tenho muito mais atitudes práticas com relação a tais problemas do que as pessoas que se engajam na luta. Descarto pilhas velhas em postos de reciclagem, sou pró doação de orgaos e tecidos, economizo energia e água, enfim..mas nada de sair por ai lutando e gritando em passeata. Not.
Eu AMO livros mas mesmo assim não li certos clássicos da literatura e dificilmente vou me meter numa discussão sobre Dostoiéviski, Dante, ou algum outro cara monstro da literatura mundial.
Ás vezes eu acho que não faço parte de nenhum grupo, e às vezes eu acho que faço parte de todos ao mesmo tempo já que no fundo não sou partidária de nada.
Raramente isso me incomoda, mas confesso que hoje essa é uma caracteristica que mais me encanta do que me aborrece porque me faz sentir única nesse mundo de tantos iguais.

* O título desse post faz referencia à música Antes Que Seja Tarde do Pato Fu

9 comentários:

Alice Voll disse...

então, eu adoro futebol, mesmo mesmo, eu respeito sua opinião, mas penso diferente, acredito que ele é diferente por atingir todas as classes, quem é miserável pode jogar e quem não é também, já hipismo, golfe e dança no gelo, tem que soltar uma grana bem alta, e ele tem um função de alegrar a massa tb, mas te entendo, pra quem não gosta deve ser realmente chato não poder fazer mais nada por causa disso, entendo mesmo!
Eu não tenho costume de beber, é muito raro eu fazer e quando faço é pouquissima coisa, e tipo, eu ivo chamando a galera pra sair, mas como vc disse, a intenção de encontrar os amigos e não ao contrário!
Religião? Tô fora, amo Deus acima de tudo, mas tem confio nem tenho paciência pra religião, acho uma grande hipocrisia, e tenho ctz que minha fé e respeito por Ele e pelo outro é maior que mta gente que vive na igreja, seja ela qual for.
Nerd, partido politico, cdf e casamento, neeeem, tô foris!
Nunca assisti a um desfile, mas acho que não teria paciência! Causa, causa ~pensando~.
Ler? Vigi tô longe disso, leio só o que gosto e se der! sajinsijan
Adorei o post!
E pensei que a música era aquela do marinheiro!

Karine disse...

Sou sua fä! Definitivamente!

Adrina disse...

Carol, parece que hoje existe uma obrigação de se encaixar em algum rótulo, em alguma disucssão seriíssima, defender e viver (e morrer) por alguma causa. Meio chato isso mesmo. Adorei o desabafo. Beijo!

Micha Descontrolada disse...

hahah gostei de saber mais sobre vc..
qto ao futebol, alugue um filme e assista...
e gosto não se discute, cada um tem o seu...


/(,")\\
./_\\. Beijossssssssss
_| |_................

Cih_colorex disse...

Falou e disse!
Carol, eu não bebo, não curto twilight, jogo nintendo ds, gosto de pintar minhas unhas mas não curto os excessos.
Adoro blog em que as pessoas fazem questão de serem elas mesmas.
A gente tem que fazer o que pode, e se quiser fazer mais... tem que fazer mais para poder. =)
Acho que eu também sou assim... diferente. UNICA Kiss

Losille disse...

Olha, tirando a parte da bebida e do futebol, vc total faz parte do meu grupo, viu? ;)

♥ ÉriS ♥ disse...

futebol: sou realmente machista quanto a isso, futebol é coisa de homem, mulher nao dicute, mulher nao sabe, e sabe porque? pq somos inteligentes demais para entender pq fica um bando de homems bonitoes com akelas coxas (uie) correndo atras de uma bola, enquanto esses bonitoes geralmente sem massa cinzenta estao ganhando rios de din din, outros estao se matabdo na torcida - homens sao idiotas mesmos.
bebidas:vixi - kual a graça de bber pra eskecer? isso eu nunca entendi, experimentei cerveja etem goto horrivel!! prefico coca-cola mesmo
religiao: isso é algo q ninguem tem q discutir, quem acredita acredita quem nao acredita tanto faz. acho q tem coisas q nem a ciencia e nem o homem explica, apenas inventa, entao.... Harry Potter pode ser a proxima biblia, tanto faz.
NERD:definitivamente nao sou, adoro novela japonesa, taiwanesa, america a e baixo tudo na net, mp3 realmente substituiu o CD pra mim, nao compro CD achoq desde.... a invencao do mp3
Politica: EU VOTO NO NULO!
SPFW:golpe de midia, ninguem falava nele na dec de 90, mas ele existia
uma causa para morrer: acho q morrerei quando eu menos esperar :P
classicos lit: aaah eu li machado de assis, mas eu amo joaquim m. de macedo e ninguem lembra dele (o que escreveu A MORENINHA)... mas tb gosto de coisas como vampiros, tamanho 42 nao é gorda e b. bloom
ps: adorei seu blog
vou te seguir
me segue tb? bjks♥

Carol disse...

Oie tudo bem miga?
Nossa miga eu me encaixo em quase tudo o que vc disse, digo quase pq eu sempre sonhava em casar, ter meu marido, minha casa e meus filhos e consegui, hoje sou casada mas não tenho filhos ainda, amo crianças e quero ter os meu próprios mas tem muita coisa que vc disse que eu me encaixo, como por exemplo: não bebo nenhuma bebida alcoólica, não fumo, não vou a nenhuma igreja (acredito em Deus, lógico), não curto muito futebol tb, assisto jogos da Copa mas de times de futebol eu nem ligo, mas assim miga não se sinta obrigada a entrar p/ algum grupo, vc é vc e pronto! as pessoas têm o costume de criticar as outras e se vc se sente criticada pq não se encaixa em nenhum grupo (como vc disse) então o melhor é nem ligar p/ essas pessoas, o que agente tem que fazer é sermos nós mesmos e pronto! vc é seu grupo e pronto! assim vc vai ser mais feliz e deixe que as pessoas pensem o que quiserem de vc, vc está fazendo a sua parte e isso é o que importa! sendo uma pessoa boa, normal, sem problemas e crendo em Deus é o que importa miga, não se sinta obrigada a nada =)
Espero que vc se sinta bem.
Um ótimo fds!!!
Bjs!!!!

Vivi ;) disse...

Às vezes é difícil ser "diferente", mas acho que esse lance de grupo é meio tabu. Não fumo e tenho vários amigos fumantes, quando não bebia tinha vários amigos que bebiam e nem por isso eles me tratavam com indiferença, nerd eu nunca fui e etc. haha. É normal se sentir meio fora do grupo mesmo, mas não devemos mudar por conta disso né? Senão acabamos perdendo nossa essência ...

=*