quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Saudade das estrelas



Se tem uma coisa que vou sentir falta logo logo são das estrelas de Natal.
Não as estrelas comuns que se espalham nas lojas, shoppings, imagens...não. Vou sentir falta das estrelas que tão lindamente decoraram a árvore de um shopping aqui pertinho da minha casa.
Estrelas que contemplei durante os últimos - estranhos - meses.
Estrelas que velaram minha insonia, assistiram minha alegria, testemunharam algumas borboletas voarem no meu estomago quando passava bem embaixo delas. Estrelas com as quais conversei, para as quais fiz pedidos, para as quais agradeci, estrelas.
Não podia ter simbolo mais forte para marcar essa fase da minha vida do que as estrelas. Gosto tanto desses seres estrelares que adornam o céu. Talvez porque eu acredite que nós mesmos somos estrelas, vagando num mundo, vivendo em conjunto, brilhando e algumas vezes se deixando apagar ou ofuscar pelo brilho incandecente de outras, uns são estrelas cadentes, outros estrelas de grandeza superior, e todas brilham, brilham de uma forma ou de outra...Aliás, o bom de ser estrela, é que sempre sempre voltaremos a brilhar, temos nosso lugar reservado no céu, giramos o mundo, somos únicos.
 Esse ano recebi de presente essa decoração. Estrelas penduradas, embelezando meu olhar, meu caminhar, meu pesar e meu renascer. Uma decoração assim, colocada  bem em frente minha janela, posta de forma que eu fosse obrigada a passar todos os dias sob ela.
Ora, se morar em cidade grande faz com que sejamos furtados de céus estrelados, eu, nesses ultimos meses de 2010, não tive do que me queixar. Ganhei um céu de estrelas que chamei de meu. Estrelas iluminadas, penduradas em um salgueiro  e que para mim significaram mais do que adornos natalinos. Estrelas que são luzes do meu caminho, seta para a alegria, fonte de esperança;
Logo mais essas estrelas, dessa arvore, se apagarão, chegou a época de desarmar as árvores, encaixotar os efeites e eu já estou com saudades. Queria ter essa trilha de luzes bem vivas no meu caminho. Mas já vem outra decoração, logo mais é carnaval, e carnaval não combina com estrelas iluminadas...Elas serão apagadas, a árvore continuará sendo árvore, alta, frondosa, com um caule imponete para me lembrar que o carvalho verga mas não quebra.
Embora sem mais estrelas para iluminar a noturna volta pra casa, dentro de mim o efeito continuará vivo, iluminado. Mil estrelas acenderam-se no meu coração, duas mil e onze luzes de esperança e coragem clareiam meu caminho. E clareiam o seu também.
Belive.

Imagem: We ♥ it.

7 comentários:

Lucimere disse...

Isso está parecendo uma constelação de mistérios (rs)... Que as novas fases do ano tragam outras estrelas, igualmente encantadoras, para enfeitar o seu caminho e vc admirar.
bjosss

Cih_colorex disse...

Nha! Que texto lindo!
Te desejo muitas estrelas! E quero que saiba que seus comentários são assim, como estrelas pra mim. Te vejo brilhar e sinto vontade de brilhar também!
Kiss e 2011 vai ser um ano brilhante também! :D
Kiss

Lu Barreto disse...

Que texto lindo! Eu também me encanto pelas estrelas, elas despertam um fascinio em mim, sejam naturais ou artificiais.
Beijão.

subindonosalto.com disse...

Nossa, Carol ... que lindo!
Também gosto de estrelas e acho que vou estranhar a falta delas, assim como você. Enfim ... daqui uns meses elas voltam! (?)

:*

@viihrs
@SubindoNoSalto
http://subindonosalto.com

Bruxa do 203 disse...

Que texto lindo!
A decoração, os enfeites e a alegria dessa época fazem falta no resto do ano.

Quero assistir Cadê os Morgan. Só a presença do Hugh Grant já vale!

O emulsificante você encontra em supermercados, geralmente na parte de produtos para festas, em lojas de balas e coisas parra festas ou mercado público.

mandy disse...

Espero que essas estrela continuem iluminando e le ajudando a percorrer o seu caminho. Mas não se preoculpe, elas foram temporariamente desativas, porque o melhor de tudo é que elas sempre voltam..
bjusa flor

Amanda Carvalho disse...

Oi Carol! Que bom que somos conteraneas então (=
Adorei seu texto das estrelas, uma metafora liinda e bem verdadeira.... adorei o texto sobre o divã tb... é uma nova fazse para todos... tudo de bom p vc e q esse ano novo possa nascer dentro de cada uma de nós. Muitos posts em 2011 \o/
beijooos
Me visite mais vezes (=