sexta-feira, 8 de julho de 2011

Volta, mundo blogueiro!

Estava eu navegando por essa internet do meu santo google quando me deparei com uma campanha mega-ultra-super bacana. Não foi preciso clicar pensar duas vezes para  aderir: Volta, mundo blogueiro!



A campanha  foi criada pela Renata - a Mulher Vitrola - "com intuito de unir na internet blogueiros que possuem um antigo intuito na internet: compartilhar opiniões independentemente qual seja ou sobre o que seja, conhecer pessoas, etc."

Eu blog desde agosto de 2002 e dessa data pra cá muita coisa mudou. Alguns blogs fizeram muito sucesso e foram parar na mídia e o jeito de postar tornaram uma tendencia seguida por muitos, por outro lado, essa mesma mídia descobriu nos blogs uma ferramenta de publicidade altamente poderosa: sendo formadores de opiniões os blogueiros são capazes de lançar com sucesso no mercado qualquer produto que considerem bom (olha o exemplo da Big Universo) e todo esse "fenômeno" desnaturou muito a idéia do blog.

Hoje tem muito mais blog comercial, com apelo consumista, do que um blog que divulgue na rede as idéias, o dia-a-dia, o modo de vida do seu "dono". Claro que você falar de um produto que viu gostou comprou usou não tem nada demais,o problema é o apelo publicitário.
Eu dou daquelas que lê resenha de produtos em blogs para então comprar/testar e acho isso legal sim, mas o problema é quando esse estilo de postagem vira padrão.

Fico feliz quando vejo blogs que param de tentar seguir uma linha editorial e começam a expor "a cara do dono", mostrar não só os looks que eles gostam de vestir, não só os esmaltes que está usando (oi!) mas as opiniões, os sentimentos, o cotidiano. Acho que isso dá até mais credibilidade para as opiniões ali expressas, afinal são gente como a gente.

Cada um leva o blog como quiser, claro! E não estou aqui querendo criticar blog algum. Mas, assim como o pessoal do Volta, mundo blogueiro! espero "que algo aconteça... que blogs interessantes se encorajem de voltar à ativa, que as marcas não patrocinem quem engana seus consumidores, que vejam a importância e as vantagens que temos ao expor nossa opinião verdadeira."

Em 9 anos de blogosfera, com mudanças de url e hiatus super longos, conheci pessoas que fazem parte da minha vida mesmo morando em outras cidades, acompanho a vida delas, sei o que gostam, me dão força, choramos juntas e confio nas opiniões delas para qualquer produto que indiquem, é como uma conversa de amigas mas todas sempre contando seus dias, seus gostos, suas opiniões. Sendo gente.
Adoro blogs de moda e make, acho legal quem tem o dom de escrever sobre esse universo, mas fico feliz quando tomam decisões como a da Mia, que resolveu falar do estilo de vida dela aliando com que ela tanto gosta: moda. Outra que tem um blog temático e muito bom é a Lulu que escreve sobre o mundo das celebris de um jeito totalmente pessoal, adoro. Olha a Viihrs, fala de moda, make e trocentas outras coisas, lendo o blog dela já deixei de comprar muita coisa, já experimentei receita, já aproveitei uma super liquidação, enfim. Se elas indicarem uma marca de fio dental vou comprar para experimentar porque sei que ali tem a opinião pessoal delas.

Os blogs são instrumentos maravilhosos, pontes que nos levam até pessoas muito especiais. Atravessam o oceano, fazem a gente compartilhar segredos, dores, alegrias, vencer o medo (Karine tem pavor de avião que nem eu), compartilhar conquistas, renascer das cinzas.

Enfim, sei que esse assunto é polêmico, mas em resumo o que quero dizer é que sinto falta dos blogs menos comerciais, sem aquele apelo de consumo que faz a gente desejar comprar toda a coleção em uma semana e na outra já achar que está ultrapassado.
Adoro as amigas que fiz (e que continuo fazendo) através do blog, por isso é sempre bom encontrar na blogosfera, bloguinhos com essa carinha pessoal, com esse jeito tão particular de postar.

Quer aderir a campanha? Clica aqui e coloca o button no seu blog. (:



[EDIT]
  1. Tô melhor! A gripe está dando tregua, acho que semana que vem já posso me considerar curada! Eba!
  2. As janelas dos comentários agora abrem pop-up, do jeito que estava antes algumas pessoas estavam tendo problema para comentar e graças a Sabrina (oi!!) eu fiquei sabendo disso e mudei o formato dos comentários.
 [/EDIT] 

5 comentários:

Karine disse...

Cê tem razão, Carol!!! Adoro ler os blogs que retratam a carinha do seu dono, onde você pode ler as dores, as alegrias, a babação por uma sobrinha (oi, gente!), confessar os medos (sim, sou a medrosa do avião!)... Gosto disso! Gosto, sofro e torço!!! No meu blog, abro o coração como se estivesse falando com as minhas amigas cara a cara. E ali vejo as opiniões, as felicitações, os parabéns, as sugetsões... eu acho uma delícia e não me vendo por nada!!! E por isso que não me canso de vir aqui também!!!
Beijos e bom finde, Carol!
OBS.: Tá melhorzinha?

Lulu disse...

Ai Carolzinha muitoooooooooo obrigada por gostar do meu blog.

Quando eu criei em 2003 queria fugir do estereótipo blog diarinho e ai como sempre fui ligada na tv resolvi dar meu toque as manchetes que vejo das celebridades.

Em 2008, fui destaque na revista Toda Teen de fevereiro.

Amei essa ideia de volta mundo blogueiro. Eu fiz várias amizades, algumas perdi contato, outras conheci pessoalmente e vc te reencontrei.

Vou colar esse selinho no meu tb. Tõ seguindo vc no twitter, o meu é o mesmo: @luluonthesky

Big Beijos

Mia disse...

Nossa, gente! Vou ficar metida!
hahahaha...
Obrigada por citar meu blog no texto, fico feliz que as novas ideias estejam agradando. :)

Eu gosto qdo as pessoas vendem produtos no blog e organizam as coisas pra gente. Minha mãe tem um assim.
No meu blog tem alguns programas de afiliados tbm...
Mas é aquela coisa, né? Vc só se dá bem fazendo o que gosta.
É como emprego, se vc não gosta do que faz, seu serviço não sairá bom.

E essa coisa que você falou "...que faz a gente desejar comprar toda a coleção em uma semana e na outra já achar que está ultrapassado."
Comecei a postar o Look do Dia, mas como meu guarda-roupa é composto de roupas "herdadas" ou antigas, fiquei pensando se eu não ia ser discriminada pelas fashionistas. hahaha... *aloka*

Mais uma vez obrigada pelo carinho.
To me achando! hehehe...

Duda - @tea4two_ disse...

Carol, assino em baixo!
Eu comecei a blogar em 2003, e uns 4 anos fiquei parada justamente por blogs do dia a dia serem "sem graça", estou cansada de blogs surreais que tem por aí... até gosto de ver uma e outra coisa... mas no geral são cansativos...
... ainda fico com um pé atrás de comentar muita coisa do meu dia a dia... mas por outros motivos.
Espero que o pessoal encare essa campanha :)

:*

Jacques disse...

Acho que existem ainda (e continuarão a existir)muitos blogs pessoais que em nenhuma hipótese perderão sua identidade.
Novas formas de interação, como Twitter e Tumblr ainda surgirão, mas isso não quer dizer que os blogs venham a ser prejudicados.
Enquanto existirem blogueiros sinceros e legítimos, os blogs existirão sem problema algum.
Valeu.